Top

Boletim GEMAA 9: Desigualdade Racial nas escolas privadas de alto desempenho.

Usando como base o Censo Escolar de 2020, o GEMAA tabulou a composição racial das escolas de Ensino Médio mais bem colocadas no ENEM de 2019. Embora grande parte das escolas não compute a raça e cor de todos seus alunos, os dados daqueles que responderam à questão assustam pela altíssima segregação racial desses espaços. A maioria delas possui menos de 10% de autodeclarados pretos e pardos e mais de 30% de não respondentes. Apesar da alta subnotificação, os dados sugerem que a segregação racial dessas escolas privadas é comparável àquela existente nos Estados Unidos antes dos anos 1960, quando ainda vigiam leis de segregação racial na educação.