Top

12 – A Cor e o Sexo da Política

A Cor e o Sexo da Política:
Candidatos e candidatas nas eleições municipais de 2016

O Grupo de Estudos Multidisciplinares da Ação Afirmativa (GEMAA), do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da UERJ (IESP-UERJ) acaba de publicar em seu site o seu décimo terceiro Texto para Discussão: “A Cor e o Sexo da Política: candidatos e candidatas nas eleições municipais de 2016”. O texto apresenta a composição das candidaturas às eleições municipais de acordo com a cor e o sexo autodeclarados pelos candidatos em setembro de 2016. O objetivo é estabelecer em que medida as desigualdades de gênero e de raça permanecem tendo impactos na política, alijando dos governos municipais mulheres e não brancos (pretos, pardos e indígenas). Como o texto demonstra, a participação das mulheres nas listas partidárias tendeu a se aproximar da cota definida em lei, enquanto a oferta de candidatos e candidatas não brancas se distanciou pouco da presença desses grupos na população geral do país. Ainda assim, é possível perceber inúmeras desigualdades na distribuição dessas candidaturas pelos partidos e municípios.
Clique na imagem abaixo para fazer o download
 
A Cor e o Sexo da Política: candidatos e candidatas nas eleições municipais de 2016