Top

Boletim GEMAA 3: Raça e Gênero no Festival de Cinema do Rio de Janeiro

Este boletim dá continuidade aos levantamentos do GEMAA sobre o Festival do Rio realizados em 2015 e 2016. Analisamos o perfil de raça, gênero e procedência geográfica dos diretores dos longas-metragens selecionados para exibição no evento. Além de dados sobre participação dos distintos grupos sociais na edição de 2017, apresentamos uma comparação com os anos anteriores a fim de identificar possíveis incrementos em diversidade. Os resultados mostram um tímido aumento da participação de mulheres brancas. Os filmes dirigidos por pessoas não-brancos, por sua vez, são escassos. No que toca à questão geográfica, o festival privilegia produções da América do Norte e da Europa ao passo que países da América Latina são pouco representados.